Imagem

A Orquestra Juvenil da Bahia encerrou a turnê Bahia Orchestra Project com mais um grande concerto em solo americano. A apresentação foi realizada no Weill Hall do Green Music Center, em Rohnert Park, Califórnia, que tem capacidade para 1800 pessoas. No programa, obras que já tinham sido executadas durante a turnê, como a Fantasia Romeu e Julieta, de Tchaikovsky e Danzón n.2, de Arturo Márquez. Como grandes surpresas da tarde – o concerto começou às 15h -, o público assistiu à participação do pianista francês Jean-Yves Thibaudet na execução de dois bis especiais: o primeiro, após a apresentação do Concerto para Piano de Ravel em que Jean-Yves é solista, quando ele e o maestro Ricardo Castro executaram o movimento da obra Ma mère l’oye de Ravel “Le jardin féerique” numa versão a quatro mãos; o segundo, ao final do concerto, quando ele se juntou à orquestra para apresentar o Tico-Tico no Fubá, de Zequinha de Abreu.

“Conheço a música mas eu tive um pouco de medo de tocá-la, não é uma música que eu sou acostumado a tocar. Nós começamos a ensaiar e eu tocava rápido demais. Ao final eu entendi, é a percussão que dá o ritmo. Depois que entendi isso ficou fácil. Ao final me diverti muito tocando, foi diferente pra mim e é a linguagem deles.” – Jean-Yves Thibaudet, pianista

“A participação do Jean-Yves foi um presente nessa turnê. Ele é um solista de primeiro nível e um ser humano totalmente aberto, divertido, alegre. Era tudo o que a gente precisava para curtir essa turnê. No último concerto ele tocou com a camisa do NEOJIBA. […] Eu tinha muita expectativa para este último concerto. Tive que trabalhar muito com a energia da orquestra para chegar ao final desta forma. É minha tarefa como diretor fazer com que as coisas funcionem para que na hora certa a gente possa fazer a festa. Ela aconteceu e os meninos estão prontos para começar outra turnê hoje. É uma energia impressionante […] e também a equipe de produção e de comunicação foi expecional durante a turnê. A gente está com um grupo pra ir até outros planetas se for preciso” – maestro Ricardo Castro, diretor fundador do NEOJIBA

The Orquestra Juvenil da Bahia has just ended the Bahia Orchestra Project tour with another great concert on American soil. The presentation was held at Weill Hall at Green Music Center in Rohnert Park , California, which has a capacity for 1,800 people. In the program, pieces that had already been performed throughout the tour, like the “Romeo and Juliet Fantasy Overture” by Tchaikovsky and Arturo Márquez’s “Danzón n.2”. As big surprises of the afternoon – the concert began at 3 PM – the audience saw the participation of the French pianist Jean-Yves Thibaudet on the execution of two special encores: the first one, after the presentation of Ravel’s Piano Concerto, in which Jean-Yves is the soloist, when he and conductor Ricardo Castro performed the movement of “Ma mère l’oye by Ravel “Le jardin féerique” in a version for four hands; the second encore was at the end of the concert, when Jean-Yves joined the orchestra to present the Tico-Tico no Fubá by Zequinha de Abreu .

“I know the song but I was a little bit afraid to play it, it’s not a song that I ‘m used to play. We started rehearsing and I played too fast. Finally I understood that it’s the percussion that dictates the rhythm. Once I got it, that was easy. In the end, I had so much fun playing, it was different for me and it is their language.” – Jean-Yves Thibaudet, pianist.

“The participation of Jean-Yves was a gift on this tour. He is a top-level soloist and an open, fun, cheerful human being. It was all we needed to enjoy this tour. During the last concert he played wearing a NEOJIBA T-shirt. […] I had a lot of expectations for this last concert. I had to work very hard with the energy of the orchestra to reach the end like this. It’s my job as a director to make things work so that at the right time we can celebrate. It happened, and the kids are ready to begin another tour today. It’s an amazing energy […] and also the production and communication team was exceptional during the tour. We have a group to go even to other planets if necessary” – maestro Ricardo Castro, founding director of NEOJIBA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s